Editoração eletrônica: entenda como conquistar diferenciais - Diagramando
16184
post-template-default,single,single-post,postid-16184,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.1.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1,vc_responsive
 

Editoração eletrônica: entenda como conquistar diferenciais

Editoração eletrônica: entenda como conquistar diferenciais

Os softwares de edição não só deixaram a vida dos designers mais fácil e economizaram um tempo precioso. Hoje, eles também são ferramentas de trabalho indispensáveis. No entanto, isso é o suficiente para uma editoração eletrônica de qualidade? Até onde o trabalho do designer resume-se a dominar bem os programas de computador? 

Se você trabalha em uma editora, sabe que para publicar qualquer material, ele precisa passar pelo computador para que o conteúdo ganhe forma de livro ou revista. Os programas parecem complicados para quem não os conhece, mas aparentemente são a única solução para garantir um material de qualidade, visualmente atraente e equilibrado. 

Que os softwares de editoração eletrônica são fundamentais no processo, isso é verdade, mas apenas esse conhecimento técnico não garante a qualidade do trabalho, afinal, essas ferramentas precisam de uma mente criativa que as opere. Se você quer saber como publicar livros incríveis com a ajuda da editoração eletrônica, neste post, você vai conhecer aspectos fundamentais que não são encontrados nos programas de computador! 

Amplo repertório cultural 

Um especialista em criação e design não entende apenas de softwares gráficos, esta deve ser apenas uma de suas competências. O que diferencia um profissional completo de um que apenas conhece a técnica é a bagagem que eles carregam. Conhecimento sobre cultura, literatura, tipografia, história, design gráfico, redação e até mesmo gestão destaca os bons e os diferencia de quem sabe apenas usar um programa.

Por isso, cuidado quando tiver a intenção de economizar! Existem pessoas que cobram um preço bem competitivo pelo serviço, mas como anda o repertório cultural desse profissional? Como ele pode agregar ao seu material, além de diagramar o conteúdo? O ideal é procurar por profissionais que tenham as competências técnicas, mas também se atentar aos outros aspectos.

Procure conhecer mais sobre as referências, hábitos de leitura, se o conteúdo que consome é rico e diversificado, quais são seus hobbys, o que o inspira a criar. Essas perguntas podem ajudar a filtrar grandes talentos. 

Senso estético apurado

Quando se fala em criação, o que manda é a bagagem visual e cultural. Um software não cria um designer com boa percepção e bagagem. E ter um senso estético apurado depende muito da quantidade e qualidade de referências que o profissional traz. 

Não se engane! Uma pessoa criativa não inventa centenas de coisas novas e de qualidade a cada trabalho. Quem é criativo, sabe combinar uma série de boas referências e, com elas, fazer algo original. Esses profissionais estão sempre de olho em bons portfólios a todo momento, seja de grandes nomes do design, seja em redes sociais que favorecem esse compartilhamento, como Pinterest, Tumblr e Instagram. 

Treinar o olho é o primeiro passo para apurar o senso estético, e os parâmetros que embasam o trabalho do diagramador ou designer são os responsáveis por essa construção.  

Conhecimento do mercado editorial

Mais importante do que saber o que você está fazendo é saber por que você está fazendo e qual é a importância do seu trabalho no processo geral. Quem trabalha com produção editorial precisa conhecer mais que a editoração eletrônica. É preciso conhecer o processo inteiro, o objetivo do seu trabalho, para quem ele é destinado, qual é o teor da obra etc. 

Por isso, contratar pessoas que conheçam mais do que somente design é um diferencial positivo para o trabalho. Busque saber se sua equipe tem experiências práticas anteriores e cursos na área, como Book Publishing, por exemplo. Isso torna o processo mais rico e certamente garante um resultado final com qualidade

E você, o que acha que é necessário para uma editoração eletrônica impecável? Concorda com o que levantamos ? Conte para a gente nos comentários!

Sem Comentários

POSTE UM COMENTÁRIO